‘Indústria Da Morte’ Cresce Com Vigor E Se Mostra Imune

27 Apr 2019 20:51
Tags

Back to list of posts

<h1>Torcida Do Flamengo Faz Campanha Por Atacante Franc&ecirc;s Nas M&iacute;dias sociais</h1>

<p>Numa de tuas frases mais conhecidas, o economista ingl&ecirc;s John Maynard Keynes (1883-1946) vaticinou que, “no longo, tempo estaremos todos mortos”. Se a morte &eacute; certa, n&atilde;o &eacute; um desprop&oacute;sito supor que servi&ccedil;os f&uacute;ner&aacute;rios - para os quais haver&aacute; busca no tempo em que a humanidade existir, no final das contas - podem possuir uma certa imunidade a crises.</p>

<p>E, no instante, este quadro est&aacute; especificamente n&iacute;tido no Brasil. Um dos term&ocirc;metros de for&ccedil;a deste mercado &eacute; divulgado na Associa&ccedil;&atilde;o Brasileira do Setor de Infos Funer&aacute;rias (Abrasif). A entidade re&uacute;ne empresas que oferecem os chamados planos funer&aacute;rios, compostos por servi&ccedil;os que v&atilde;o da prepara&ccedil;&atilde;o do corpo &agrave; ornamenta&ccedil;&atilde;o do vel&oacute;rio e pagos em suaves presta&ccedil;&otilde;es mensais. Em 2010, o segmento faturou 529 milh&otilde;es de reais.</p>

Social_Media_Marketing.jpg

<p>No ano passado, a receita neste momento havia atingido 3,95 bilh&otilde;es de reais. Em outras express&otilde;es: em um intervalo em que a economia brasileira cresceu, em m&eacute;dia, 3,2% - um excelente desempenho se comparado ao cen&aacute;rio atual -, os planos funer&aacute;rios multiplicaram seu faturamento por 7. Como Criar Uma Hashtag No Instagram , havia 8.500 organiza&ccedil;&otilde;es prestadoras de servi&ccedil;os funer&aacute;rios no povo.</p>

<p>Hoje, este n&uacute;mero &eacute; de 13.720 empresas. De 2013 para 2014, houve uma explos&atilde;o no faturamento destas corpora&ccedil;&otilde;es, que passou de 1,68 bilh&atilde;o para 3,noventa e cinco bilh&otilde;es de reais, dado mais recente. E o potente avan&ccedil;o n&atilde;o foi casual. “O fortalecimento est&aacute; conectado &agrave; imin&ecirc;ncia de regulamenta&ccedil;&atilde;o do setor”, diz Maur&iacute;cio Costa, presidente da Abrasif.</p>

<ol>

<li>22/04/2018 08h10 Atualizado 22/04/2018 08h10</li>

<li>Google+: partilha de conte&uacute;dos</li>

<li>13 casos de espionagem entre marcas que voc&ecirc; utiliza</li>

<li>sete - Alinhamento com novas a&ccedil;&otilde;es de marketing digital</li>

<li>AS TECNOLOGIAS Formadas No decorrer da SEGUNDA Briga MUNDIAL</li>

<li>3&ordm; W - Where (onde ser&aacute; feito?)</li>

<li>Desenvolva tipos diferentes de assunto, depois acompanhe o funcionamento</li>

</ol>

<p>Hoje, os planos funer&aacute;rios n&atilde;o s&atilde;o regulamentados. O projeto de lei que trata da regulamenta&ccedil;&atilde;o, do deputado Antonio Carlos Mendes Thame (PSDB-SP), foi aprovado na C&acirc;mara dos Deputados em 2013 e seguiu para o Senado, onde permanece desde assim. “O projeto &eacute; acess&iacute;vel e n&atilde;o raz&atilde;o &ocirc;nus ao governo”, diz o deputado. Marketing: Aposta Promissora Pra Engrandecer O Carnaval O Dia funer&aacute;rios t&ecirc;m como p&uacute;blico-alvo as classes C, D e E, que n&atilde;o t&ecirc;m condi&ccedil;&otilde;es de bancar seguros de vida, op&ccedil;&atilde;o de investimento mais popular entre fam&iacute;lias que ganham acima de cinco sal&aacute;rios m&iacute;nimos.</p>

<p>Vendidos com mensalidades que variam por volta de 35 reais, a necessitar da regi&atilde;o, os planos funer&aacute;rios se tornaram a op&ccedil;&atilde;o mais pratic&aacute;vel para as pessoas que n&atilde;o tem como arcar com uma despesa alta e, n&atilde;o raro, repentina. Acess&iacute;veis Nas cores cidade de S&atilde;o Paulo, onde o servi&ccedil;o &eacute; municipalizado, a despesa m&eacute;dia com um sepultamento &eacute; de 3.500 reais, entretanto pode surgir a muito mais que isto. A tabela de pre&ccedil;os no site da prefeitura paulistana informa que o sepultamento “padr&atilde;o Orqu&iacute;dea Extragrande” chega a 19.000 reais. O mesmo modelo, todavia com crema&ccedil;&atilde;o, ultrapassa 21.000 reais. O pagamento precisa ser feito &agrave; vista ou, no m&aacute;ximo, em tr&ecirc;s parcelas no cart&atilde;o de cr&eacute;dito.</p>

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License